Passagem de Ano na Serra da Estrela

Um dos destinos mais bonitos de Portugal é com certeza a Serra da Estrela, que pode ser uma excelente escolha para quem deseja viajar no fim de ano.

O cenário principal a 1993 metros de altitude está cercado de outras serras e vales deslumbrantes. Classificado pelo Instituto de Conservação da Natureza em 1976, o Parque Natural da Serra da Estrela é uma área protegida de mais de 100 mil hectares, divididos entre os distritos de Castelo Branco e Guarda.

Como é um dos destinos turísticos mais conhecidos de Portugal, a procura durante a passagem de ano aumenta bastante, principalmente pelos interessados em ver as lindas paisagens bucólicas da região, além da possibilidade de esquiar na neve.

O que visitar na Serra da Estrela?

Lá no alto, na parte central a mais de mil metros de altura, é possível se divertir, experimentar a magnífica gastronomia portuguesa e ainda contar com boas pousadas para se hospedar. A “Torre” teve seu acesso melhorado ao longo dos anos para receber cada vez mais turistas interessados em gastronomia e artesanato. Mas não é o único atrativo da região. Confira:

Estação de Esqui Vodafone: conta com nove pistas com dificuldade variável e pode ser utilizada por pelo menos metade do ano. Além da temperatura natural, que cai bastante durante o inverno, a pista se mantém ativa através de um processo de neve artificial. Ideal para visitar com a família e amigos. A garantia é de momentos divertidíssimos, além de fotos inesquecíveis do local.

Estância de Ski da Serra da Estrela

Já o Skiparque conta com pista sintética com inclinação média de 15% para iniciantes, até 35% para quem já sabe esquiar. O completo fica entre os distritos de Sabugueiro e Manteigas.

Para quem ama animais ou vai conhecer os arredores com os filhos, uma boa dica é visitar as quintas São Fernando e Canil Cabeça de Seixo; criadores de cães de raça pura. Outra dica legal é o Museu da Lã, localizada na área das tinturarias da Real Fábrica de Panos, é um atrativo super charmoso que mostra a criação e fabricação de peças de lã ao longo das décadas.

Vale também a pena conferir a Lagoa Comprida, vista imperdível e naturalmente exótica. De origem glacial, é a maior da Serra da Estrela.

As vilas

São 12 regiões (ou concelhos) turísticos que podem ser visitador. Todos possuem pousadas, hotéis e também restaurantes para receber e hospedar turistas.

Quem gosta de arquitetura vai se deslumbrar com as construções antigas com forte influência medieval ainda nos dias de hoje.

Destaque para Belmonte (não deixe de conhecer o Castelo e seus muros antigos); Castelo Rodrigo (pequena vila com construções em pedra) e também Almeida (vila rodeada por uma muralha em formato de estrela).

Réveillon na Serra da Estrela

Apesar de o réveillon português nas praias do país ser muito famoso e atrair milhares de turistas todos os anos, a região da Serra da Estrela, ao norte, tem se destacado muito quando o assunto é ano novo.

Você pode aproveitar para passar a passagem de ano nas diversas localidades da região, cada um com seu charme e atrações especificas. Há ceias em restaurantes, música ao vivo e a queima de fogos é espetacular. A da freguesia de São Romão, por exemplo, com Seia e Lapa dos Dinheiros já virou tradição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *